Como as consultorias vão vender o PGR?

Consultorias de SST estão acostumadas a vender PPRA. Mas como será que elas vão vender o PGR? Os programas de SST existem para proteger a saúde e a segurança dos trabalhadores. Mas os interesses comerciais nem sempre convergem nesse sentido. Profissionais SST precisam colocar comida na mesa. Isso é legítimo. As contratantes precisam dar lucro […]
26 de outubro de 2020

Consultorias de SST estão acostumadas a vender PPRA. Mas como será que elas vão vender o PGR?

Os programas de SST existem para proteger a saúde e a segurança dos trabalhadores.

Mas os interesses comerciais nem sempre convergem nesse sentido.

Profissionais SST precisam colocar comida na mesa. Isso é legítimo.

As contratantes precisam dar lucro e se manter no mercado. Isso é legítimo.

Mas nenhum dos lados pode obter isso descuidando da saúde e segurança dos trabalhadores.

O novo Gerenciamento de Riscos Ocupacionais (GRO) e seu Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR) foram criados para combater o PPRA “de gaveta”.

Mas como as consultorias vão explicar isso para seus clientes?

As contratantes acostumadas a pagar por um “PPRA anual” vão aceitar uma cobrança mensal de Gestão de Riscos Ocupacionais?

Meu papel aqui é sempre me colocar do lado do Profissional SST, mas nunca negligenciando a saúde e segurança dos trabalhadores.

Minha recomendação para as consultorias de SST é mudar o foco.

Para vender o PGR, a palavra chave é melhoria contínua.

“1.5.3.4 A organização deve adotar as medidas necessárias para melhorar o desempenho em SST.”

Nesse pequeno trecho da nova NR 01 está a chave para as consultorias que hoje vendem o “PPRA anual” migrarem para o modelo de cobrança mensal de “Gestão de SST”.

Isso pode ser bom para o seu negócio de consultoria.

Você pode agregar mais serviços: avaliação quantitativa, treinamentos, acompanhamento de planos de ação, análises de incidentes, montar plano de resposta a emergência…

São tantas as opções!

Quando encontrar um limite para a quantidade de serviços que pode prestar, pare e pense:

Será que o limite não está na minha qualificação?

Será que não está na hora de desenvolver novos conhecimentos?

De verdade: são tantas as opções de serviços que o Profissional SST pode fazer!

Essa era a mensagem que tinha para você hoje.

Pense nisso!



© Escola da Prevenção - Herbert B Faria Treinamentos CNPJ 18.768.540/0001-85 Todos os direitos reservados.

Siga-nos