• Início
  • NR-01
  • Quem faz o PGR é a Contratante ou a Contratada?

Quem faz o PGR é a Contratante ou a Contratada?

No artigo de hoje, responderemos à seguinte pergunta: “Quem faz o PGR é a Contratante ou a Contratada?” “As empresas contratadas devem elaborar seu próprio PGR ou devo solicitar a adesão das contratadas no PGR da minha empresa?” Como já mencionamos em outros artigos, a portaria 6.730 que foi publicada no Jornal da União no […]
3 de abril de 2020

No artigo de hoje, responderemos à seguinte pergunta: “Quem faz o PGR é a Contratante ou a Contratada?” “As empresas contratadas devem elaborar seu próprio PGR ou devo solicitar a adesão das contratadas no PGR da minha empresa?”

Como já mencionamos em outros artigos, a portaria 6.730 que foi publicada no Jornal da União no dia 12 de março de 2020, criou o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais, o GRO, que, por sua vez, criou o Programa de Gerenciamento de Riscos, o PGR.

(Dica de leitura: qual a diferença entre GRO e PGR?)

Uma coisa que a norma GRO fez muito bem-feito, foi especificar como deve ser a relação entre contratante e contratada.

O inventário de riscos é composto por várias partes, no formato de encadeamento lógico, ou seja, uma sequência de informações.

E uma das etapas iniciais do inventário é o levantamento de perigos e riscos.

Afinal, quem faz o PGR é a Contratante ou a Contratada?

Então, na relação entre contratante e contratada, as empresas contratantes devem informar às empresas contratadas sobre os riscos ocupacionais sob a sua gestão, mas que vão impactar as atividades das contratadas.

De posse destes perigos e riscos, as contratadas devem elaborar o inventário de riscos completo das suas atividades que vão ser realizadas nas dependências das contratantes. As contratadas passam esse inventário para as contratantes que a salvam no PGR.

No momento de criar um inventário de riscos, é interessante deixar bem separado as áreas da empresa onde ocorre a presença de empresas contratadas, de tal forma que seja fácil enviar a elas a listagem de perigos e riscos.

O GRO permite que sejam feitos vários PGRs para o mesmo estabelecimento, ou seja, é como fatiar a empresa em vários pedaços, que podem ser as unidades de processos, por exemplo. Segmentando bem, na hora de mandar os perigos e riscos, é só copiar e colar na planilha de inventários e riscos.

(Veja também: 11 novidades do GRO)

Sugestão de vídeo

Uma coisa que a norma GRO fez (e muito bem feito por sinal) foi especificar como deve ser a relação contratante e contratada. Eu particularmente achei bem coerente a maneira como isso vai funcionar.

Gostou desse post sobre quem faz o PGR é a Contratante ou a Contratada? Veja também o vídeo abaixo onde falo mais sobre esse tema.

Dê um play no vídeo abaixo e veja a resposta:

Perguntas dos meus alunos

Quando as perguntas dos alunos são boas, vale a pena divulgar aqui no blog.

Confira abaixo:

  1. Empresas que prestam serviços para outras, como fica o PGR?

    A resposta está na NR-01. Mas, trocando em miúdos, é o seguinte: as empresas contratantes informam às contratadas sobre os perigos/riscos ocupacionais sob a sua gestão, mas que vão impactar as atividades das contratadas. De posse destas informações, as contratadas devem elaborar o inventário de riscos completo das suas atividades que vão ser realizadas nas dependências das contratantes. As contratadas passam esse inventário para as contratantes que a salvam no seu PGR.

  2. Elaboração de PGR para trabalho de manutenção em torre de telefonia, como faz?

    A empresa que assina a carteira do trabalhador que irá fazer o serviço na torre de telefonia é que é responsável por elaborar o PGR. Como o tipo do serviço pode variar em cada caso, então o PGR precisará ser atualizado. Por exemplo, uma solda no nível do solo é uma coisa, uma solda em altura é outra coisa. Um atividade que gere ruído no solo é uma coisa, outra atividade com ruído em altura é outra coisa. Você deve pedir o detalhamento das atividades que serão realizadas, e apontar os perigos e as medidas preventivas.



© Escola da Prevenção - Herbert B Faria Treinamentos CNPJ 18.768.540/0001-85 Todos os direitos reservados.

Siga-nos